Blog

Gestão do Agronegócio em tempos de incerteza

Postado em 26 de agosto de 2020 por JValério
agricultura-em-tempo-de-incertezas-agrobusiness-jvalerio

Apesar dos desafios, o cenário do agronegócio brasileiro é positivo. É o que avaliou o consultor e professor da Fundação Dom Cabral, Junior Crosara, durante o Encontros de Gestão, evento gratuito e exclusivo para gestores de médias empresas do Paraná e de Rondônia, promovido pela JValério FDC. “Acredito que passaremos por tudo isso bem porque adotamos todos os protocolos necessários para garantir a segurança alimentar e não paramos nossas empresas”, afirma Crosara.

 

O agronegócio é visto como motor da recuperação da economia brasileira. De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o PIB do agronegócio brasileiro cresceu 4,62% nos primeiros cinco meses de 2020, em comparação ao mesmo período do ano anterior. O segmento “dentro da porteira” (ou segmento primário agropecuário) foi destaque com crescimento acumulado de 11,67% de janeiro a maio de 2020. Segundo a CNA, o resultado foi impulsionado pelo desempenho do ramo agrícola, cujas expansões foram de 4,62% em maio e de 15,17% nos cinco primeiros meses de 2020. Entre os produtos, os destaques em termos de altas de preços foram: milho, café, cacau, arroz, soja e trigo.

 

O segmento de agrosserviços também cresceu em maio e no acumulado do ano, apesar da pandemia. Esse resultado reflete, por um lado, a manutenção das atividades do agro mesmo em meio às medidas de distanciamento social, e por outro, o forte ritmo de exportações do agronegócio. Nesse cenário, a parceria comercial com a China tem feito a diferença. “Mais de 60% das exportações agro no Brasil estão indo para a China”, diz Crosara.

 

Fatores que impactam na gestão do agronegócio

 

 

Crosara aponta alguns fatores importantes para o fortalecimento do agronegócio e as estratégias que devem ser criadas em torno deles. “Quando a gente olha para a ponta da cadeia, vemos clientes mais exigentes e preocupados com os três S’s: saúde, sanidade e sustentabilidade. Na área de transformação digital, estamos lidando com a necessidade de implementar soluções digitais que nos aproximem do cliente. Um bom exemplo disso é o case da Magalu, que criou novos ambientes de interação com os consumidores que resultaram em mais vendas digitais”. Isso faz parte, segundo o especialista, da estratégia Omnichannel, tendência do varejo que usa conteúdo multicanal para promover melhores relacionamentos com o público.

 

Para garantir perenidade, as empresas agro precisam investir em profissionalização e qualificação de sua equipe. Crosara elenca quatro habilidades fundamentais para líderes e colaboradores:

 

Agilidade: capacidade de se adaptar rapidamente

Foco: capacidade de concentrar no que é prioridade

Senso de dono: tomar para si a responsabilidade e desenvolver pessoas para tomarem decisão

Execução: ter planejamento e indicadores para executar de maneira uniforme

 

Também são importantes as habilidades de orientação às mudanças, criatividade, resolução de problemas e bom relacionamento. “Revise o perfil de pessoas a serem contratadas, que são as pessoas necessárias para te levar para frente”.

 

Iniciativas estratégicas

 

 

Muitas empresas vão crescer em faturamento esse ano, mas não em rentabilidade. Por isso, fazer a gestão de maneira estratégica pode fazer toda a diferença no pós-crise. Crosara indica dez eixos temáticos para levar em consideração no planejamento:

 

1) Gestão do portfólio

  • Revisão do portfólio de produtos (Matriz ABC)
  • Foco em alavancar o Mix de Produtos
  • Implementação de políticas e processos de Pricing (precificação)

 

2) Excelência em gestão de clientes

  • Implementar e/ou consolidar CRM
  • Aumentar a efetividade da Força de Vendas
  • Consolidar a cultura do cliente na organização (NPS – Net Promoter Score)
  • Lançar programa de relacionamento com os clientes (Proximidade e Relevância)
  • Foco na sucessão dos Agricultores

 

3) Excelência em processos

  • Revisão e digitalização dos processos (no touch)
  • Criação/fortalecimento de centros de operação
  • Implementar gestão à vista nas empresas

 

4) Excelência em Supply

  • Gestão integrada de estoques
  • Reduzir COGS dos principais produtos (alternativa de produtos e processos)
  • Aperfeiçoar o planejamento de vendas .

 

5) Excelência em gestão de despesas

  • Avaliação do ponto de equilíbrio
  • Controle e monitoramento dos investimentos realizados
  • Compartilhar os investimentos (Alianças estratégicas )

 

6) Excelência em gestão de riscos

  • Revisão e automação dos processos de crédito
  • Parcerias com Fintechs
  • Aprimorar o planejamento e gestão do crédito

 

7) Gestão de pessoas

  • Revisar as competências atuais das empresas
  • Desenvolvimento das lideranças
  • Treinamento a distância
  • Revisão dos incentivos (“O que” e “Como”)

 

8) Desenvolvimento de novos mercados

  • Expansão para novas áreas de atuação
  • Buscar maior integração da cadeia com parceiros
  • Ampliar projetos de Intercooperação

 

9) Indústria 4.0

  • Realizar ações para transformação da Cultura
  • Fazer parcerias com HUBs de Inovação
  • Atuar em marketplace e/ou com e-commerce

 

10) Imagem e reputação corporativa

  • Implementar ferramentas internas de comunicação
  • Otimizar ações de relacionamento com a Comunidade
  • Monitorar a visão do cliente e da comunidade

 

Tendências para agricultura 4.0

 

 

“Hoje o sonho de todo mundo é ter uma Amazon do agronegócio e várias empresas buscam ser uma plataforma referência no mercado. Minha dica é que você esteja conectado em alguma delas. Tenha uma forma de estar em algum marketplace”, afirma Crosara. O marketplace é um e-commerce mediado por uma empresa, em que vários lojistas se inscrevem e vendem seus produtos. “Isso garante marketing digital em um cenário em que 98% dos seus clientes têm WhatsApp e mais de 60% está em alguma rede social. A predisposição de comprar online cresceu muito nessa pandemia. Comece esse processo agora”.

 

Outras tendências indicadas pelo consultor são a evolução da agricultura de precisão (administração das informações do campo com o uso da tecnologia, o que permite maior controle), integração de e-commerce na cadeia de abastecimento e automação (de equipamentos agrícolas, uso de fertilizantes e automação do tempo de inatividade). “Por fim, faço o convite: separe de sete a dez dias úteis para ler e estudar. Não espere só da empresa, desenvolva a educação ativa. Você é responsável por isso”, finaliza Crosara.

 

Jornada de Sucesso

 

 

A JValério Gestão & Desenvolvimento é a associada à Fundação Dom Cabral no Paraná e em Rondônia, possibilitando programas de desenvolvimento de gestão e educação executiva que favorecem a otimização da atividade empresarial. De forma prática e por meio de estratégias e ferramentas gerenciais aplicadas individualmente em cada companhia, os clientes estão em permanente aperfeiçoamento de resultados e aumento de competitividade.

 

Em setembro, a JValério FDC realiza o Workshop online Governança em Empresa Familiar, voltado para membros de famílias empresárias de Rondônia e do Paraná. Conduzido por professores da Fundação Dom Cabral, o Workshop é exclusivo para membros de famílias empresárias do Paraná e de Rondônia. Serão duas turmas: Turma I nos dias 1 e 3 de setembro e Turma II nos dias 15 e 17 de setembro. Faça sua inscrição aqui.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por Desenvolvido por The Way Comunicação
Quer saber mais?
Clique aqui para entrar em contato